ÚLTIMAS NOTÍCIAS / TURISMO EM DESTAQUE
 
Projeto cria subsímbolos que representam fauna e flora
 
18/09/2018
Fonte: Suelen Camargo Gonschorovski - MTB 52273SP

 

Vereadores aprovaram o Projeto de Lei (PL) nº 042/2018, que adiciona uma emenda à Lei Orgânica de Faxinal, incluindo, aos símbolos do Município, outros seis subsímbolos. Antes, os símbolos eram apenas o brasão, a bandeira e o hino de Faxinal. Com a novidade, passam a ser subsímbolos o manacá da serra, o cravo do mato, a jaguatirica, o carcará, o cascudo e a borboleta azul. Segundo o autor, o objetivo é representar, por meio destas figuras, a fauna e a flora local, pois todas as espécies podem ser encontradas em Faxinal. A matéria é de iniciativa do Executivo Municipal e, com a dispensa do interstício regimental, passou por primeira e segunda votação na 23ª sessão ordinária, que ocorreu no dia 17 de setembro. A ocasião contou com a presença do secretário municipal de Turismo, Alessandro Olegário Proença, responsável pela elaboração da propositura.

 

No uso da tribuna, Alessandro explicou que o manacá da serra é uma árvore da Mata Atlântica presente na região sul de Faxinal. Já o cravo do mato é uma espécie de bromélia que pode ser encontrada nas regiões úmidas. A jaguatirica, por sua vez, é um mamífero cuja altura pode chegar a 100 centímetros, com peso variando de oito a 20 quilos. Em Faxinal, pode ser avistada nas regiões de mata densa e, mais raramente, próximo a matas ciliares e à zona urbana. Há também o carcará, uma ave de rapina que mede até 60 centímetros de altura, possuindo uma envergadura de até 123 centímetros. Em Faxinal, está na região norte, onde o terreno é mais plano. O cascudo é um peixe presente em todos os rios do Município, concentrando-se em locais onde há pedras. Por fim, a borboleta azul é um inseto comumente avistado nas regiões das cachoeiras, principalmente, nos meses mais quentes.

 

De acordo com o secretário, o objetivo da propositura é preservar a fauna e a flora de Faxinal. Para a divulgação dos subsímbolos, serão desenvolvidas diversas ações na área de educação ambiental, abrangendo as instituições de ensino, associações e demais comprometidos com o desenvolvimento local. Cada subsímbolo, discorre Alessandro, será vinculado a um evento turístico e o trabalho de divulgação ocorrerá nas duas semanas anteriores à realização do acontecimento. "Junto com a apresentação de cada subsímbolo, haverá a conscientização sobre a preservação da flora e fauna, de matas ciliares, nascentes, além de orientações com relação ao descarte, em locais próprios, do lixo", salienta. Além disso, também haverá a divulgação em mídias como o rádio, jornal impresso, televisão, redes sociais, bem como nos clubes sociais, é o caso do Rotary Club, 40 Country Club, Maçonaria e toda extensão do setor público estadual.

 

O Executivo acredita que a execução do projeto proporcionará, às crianças, um conhecimento mais específico sobre a manutenção do meio ambiente em relação ao turismo, gerando cidadãos agentes na proteção da biodiversidade municipal

 
 Galeria de Fotos
 
 Outras Notícias
» Iluminação pública, Orçamento e PPA na 31ª ordinária
» Aprovada utilidade pública para a Afave
» Secretário de Governo na 30ª ordinária
» Comissões analisam matérias em trâmite
» Título de utilidade pública à Afave
» Maria Damareski ocupa vaga de Marcela
VER TODAS
 
VEREADORES

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: De Segunda a Sexta - Das 9h às 11h | 13h às 17h

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 12/11/2019 10:43:08